Existe um forte compromisso em garantir que as normas sejam consistentes, que haja uma fertilização cruzada de idéias e experiências, e que exista um compromisso fundamental com a inovação. Planos estratégicos são preparados anualmente, reuniões para avaliação de desempenho são feitas trimestralmente; mensalmente, cada diretoria encarrega-se de verificar o progresso de acordo com os critérios internacionais e locais.

Programa de ação e fertilização cruzada de idéias. O estilo de gestão de Feminenza evoluiu, amadureceu com o crescimento de responsabilidade, concomitante com a necessidade de normas consistentes, eficiência em nossa administração, coerência e eficácia em nossos resultados. Tem havido enormes benefícios em aprender com as experiências de outras seções de Feminenza e nossos parceiros estratégicos. Assim, nos últimos três anos, Feminenza organizou uma série de reuniões sobre Política, conduzidas pela equipe do programa, composta por mulheres de todos os setores de influência e moderado pelas Presidentes de Feminenza. As reuniões abarcam:

  • Trabalho Mental (desenvolvimento curricular, conteúdo e normas para o ensino, métodos e estrutura para avaliação e credenciamento de professores e líderes de projeto, etc.);
  • Métodos. Diversidade e eficácia dos métodos de ensino;
  • Valores, ética, liderança e parcerias estratégicas;
  • Normas e políticas corporativas para direção, finanças, associações e programas logísticos, recursos humanos, etc.;
  • Comunicações, rede de comunicação, gerenciamento de eventos, publicidade e imprensa, atividade na web.

As reuniões têm promovido avanços significativos, possibilitando que os objetivos, princípios e constituição de Feminenza sejam expressos em concordância com os diversos sistemas legais no mundo, e estabelecendo políticas, procedimentos e normas de funcionamento que, juntos, tiveram um impacto direto e palpável sobre os resultados do programa. Hoje podemos demonstrar:

  • Coerência na estrutura da organização, prestação de contas interna e externa em todo o mundo. Isto tem facilitado muito a comunicação e melhorado a troca de experiências entre, por exemplo, Feminenza na Holanda, Feminenza na América do Norte e Feminenza no Quênia.
  • Transparência e disponibilidade para auditar os projetos de nosso programa, atividades e processos de seleção de pessoal;
  • Objetividade e sensibilidade em nossos processos de educação e credenciamento; uma abordagem mais madura distribuindo diversidade cultural e étnica.
  • Melhoria contínua na eficiência dos custos de nossa infra-estrutura, convergência de aplicações em software de negócios, processos de gerenciamento de projeto. Voluntários dos EUA e Israel podem trabalhar lado a lado com seus colegas do Quênia, usando a mesma terminologia, métodos de avaliação dos progressos, e ferramentas para ajudar em suas atividades.

Participação fundamental nas prioridades de Feminenza. Um sistema para propor melhorias, refletindo que a nossa direção tem evoluído, baseado nos seguintes princípios:

  • Assistentes e beneficiários tem uma voz em nossas prioridades, a oportunidade de mudança ou prioridade é moderada por nossos objetivos e princípios, e pelos recursos disponíveis.
  • Se a inovação pode ser conduzida dentro de um pequeno grupo de trabalho, isto é ativamente encorajado. Executivos têm o dever constitucional de governar tais condutores objetivamente.
  • Todas as mudanças são planejadas e estão sujeitas à revisão continuada.
  • Mudanças do prognóstico internacional são submetidas a relevantes reuniões do programa de ação. Programa de ação internacional requer consenso no calendário.

Estratégia e avaliação de desempenho. A estratégia é formulada uma vez por ano, resultado de um processo de quatro meses de consulta (internamente, com beneficiários e doadores). A estratégia aloca recursos e inclui calendários e mede o progresso em cada diretoria. Diretores de programa são obrigados a ter seus planos submetidos à Diretoria de Assuntos Corporativos.

  • O progresso é avaliado trimestralmente a Nível da Administração e mensalmente dentro dos programas e diretorias.
  • Programas internacionais são avaliados por Feminenza internacional semestralmente, e auditado a cada 3 anos, como um mecanismo infalível.
  • Às diretorias é delegada autoridade para tomar quaisquer decisões necessárias dentro do seu orçamento aprovado e plano de ação.
  • Todo servidor oficial participa de uma avaliação anual em que os objetivos pessoais do indivíduo e os objetivos corporativos são monitorados.
  • As reuniões de avaliação servem a três propósitos primários (i) ajustando a estratégia e mantendo o progresso junto a uma direção estratégica definida (ii)  controlando riscos (iii) orintando à diretoria.

A gestão do programa tem uma consideração especial. Estruturas de controle padrão de organização não se aplicam bem ao estabelecimento de um Programa de Controle. Portanto, dentro de Feminenza, o último é resguardado pela seguinte estrutura.

    • Qualquer plano de ação que envolva práticas multidisciplinares, múltiplos investidores, supervisão de atividades em diversos países, idiomas estrangeiros, moeda corrente, e valores da comunidade estrangeira precisam ser considerados pelo programa PRINCE de técnicas de gestão.
    • Ferramentas de gestão PRINCE são obrigatórias onde (i) o projeto envolve mais de uma diretoria e/ou (ii) a parceria com outra agência é em um lugar que poderia tornar impraticável a organização normal centrada no controle.
    • Todos os projetos PRINCE informam, por intermédio da Diretoria de Negócios Corporativos, que têm o direito de intervir a Nível de Administração no programa PRINCE.
    • A Diretoria de Educação e as Diretorias de Comunicação e Marketing são tratadas como prestadoras de serviço aos programas PRINCE, e operam com os critérios definidos pelo projeto.
    • Quando Feminenza é um investidor minoritário em um projeto, o projeto precisa satisfazer Feminenza para que seus procedimentos sejam compatíveis com as políticas e procedimentos de Feminenza.

Políticas Globais e Padrões para ajudar nas soluções globais. Nosso fórum Feminenza Internacional consulta e define as políticas e padrões globais de Feminenza. As políticas definem nossas áreas de concentração a cada ano; os padrões e investimento em infraestrutura determinam de que maneira os recursos integrais são adquiridos, organizados e distribuídos entre os nossos programas, tanto localmente, como fora. O fórum também fornece os processos regulares necessários para garantir que todos os facilitadores de Feminenza sejam regularmente avaliados e aprovados pelos padrões que são sólidos em todo o mundo; garantir que os valores, objetivos e princípios sejam consistentes além do idioma e fronteiras nacionais. Nós continuamente encorajamos a inovação local e, em particular, a diversidade cultural para garantir que o respeito, além das fronteiras nacionais e étnicas, seja uma característica no desenvolvimento contínuo do nosso trabalho.

Um processo global de cooperação em pesquisa, desenvolvimento, produção e inspeção de qualidade entre mulheres que se comprometeram com cada área especializada, tem levado ao desenvolvimento do conteúdo educacional que usamos.